10 séries baseadas em livros que você NÃO PODE perder.

Toda vez que leio um bom livro, tento transformá-lo na minha cabeça em alguma coisa parecida com um filme. Eu levo essa mania tão a sério, que sempre leio ouvindo algum disco que combine com a história. Imagina quanta literatura de terror eu incluí as músicas do Black Sabbath como trilha sonora?! Mas acredito que não seja só eu que tem esse tipo de costume, talvez isso pertença àquele “lugar comum” que todo mundo fantasia, mas pouco compartilha. Como algumas narrativas são tão boas que é impossível caber num longa-metragem, pensei em criar uma lista com algumas séries que foram baseadas em livros.

Game of Thrones

Essa não é nenhuma novidade, vai?! Todo mundo sabe que saiu dos volumes de As Crônicas de Gelo e Fogo, escritas por George R. R. Martin. Com o sucesso que faz, também não é de se espantar que a adaptação é maravilhosa. Você tá ligado que fãs de livros são chatos pra caramba, né? A narrativa é ambientada nos ficcionais Sete Reinos de Westeros e inspirada numa idade média cheia de elementos sobrenaturais. A sétima temporada está marcada para estrear em 16 de julho na HBO. Se você ainda não assistiu essa belezinha e é do tipo que se apega aos personagens, prepara o teu coração.

Sherlock

Sou capaz de apostar alto que todo mundo que começou a ler essa lista também sabia dessa, afinal estou falando de uma série baseada em um livro do Sir Arthur Conan Doyle. A BBC mandou muito bem na fidelidade à obra original, mas foi simplesmente genial ao chamar Benedict Cumberbatch para interpretar Sherlock Holmes. Fica aqui meus parabéns ao seu criador Steven Moffat.

Dexter

Dexter Morgan (Michael C. Hall) é um “homão da porra”, mas fui uma das pessoas que descobriu depois de um tempo que a série foi inspirada em livros – em oito obras do autor Jeff Lindsay. Estava no caminho do trabalho de metrô quando vi um cara lendo “Dexter – A mão esquerda de Deus”, e quase o interrompi para relatar a minha surpresa. Se você curte anti-heróis como eu, com certeza vai gostar dessa história produzida pelo Showtime, sobre um assassino serial que trabalha como analista forense da polícia de Miami.

Narcos

Essa é aquele tipo de série que você começa a assistir com spoilers. A história é baseada no livro de Javier Peña, Killing Pablo, sobre a sua caçada ao mais rico e bem-sucedido narcotraficante da história. Contrariando a opinião de muita gente, acho que José Padilha (Tropa de Elite) foi feliz em ter escolhido Wagner Moura para interpretar o papel de Pablo Escobar. Netflix, estou curioso sobre o que você vai fazer na terceira temporada.

Justified

Eu  me amarro nessas paradas ambientadas no velho oeste americano. Meu desejo é ser um desses personagens esguios, que deixam o cigarro queimar lento nos lábios e trocam tiros indiscriminadamente pela cidade. Justified é uma produção da FX, baseada no livro de Elmore Leonard chamado Riding the Trap. A série acompanha um policial rebelde, polêmico e sem lei que causa problemas por onde passa.

Orange is The New Black

Meu irmão, minha cunhada e uma ex-namorada adoram essa. Embora eu não curta, pois não faz meu estilo, admito que é uma produção digna de estar na lista. A série foi criada por Jenji Kohan e inspirada no livro de memórias de Piper Kerman, ex-detenta acusada por crimes de lavagem de dinheiro. No geral, trata-se de uma boa obra original da Netflix sobre a realidade feminina no sistema prisional americano.

Deuses Americanos

A galera que curte Neil Gaiman teve que esperar 16 anos para assistir essa história, mas a adaptação do livro homônimo está pornograficamente impressionante. Os produtores Bryan Fuller (Hannibal) e Michael Green (Lanterna Verde) acertaram na mosca, num trabalho que até agora está me surpreendendo. A série acompanha a trajetória de Shadow Moon (Ricky Whittle), um ex-presidiário que acaba envolvido num conflito entre deuses antigos e modernos. Confesso que estou escrevendo essa lista com pressa, pois a Amazon Prime Video já soltou o episódio dessa semana na plataforma…

Hannibal

Bryan Fuller esteve à frente de Hannibal bem antes de Deuses Americanos, como perceberam. A série de tv é uma adaptação do livro escrito por Thomas Harris, Red Dragon, sobre o assassino em série Hannibal Lecter. São apenas três incríveis temporadas, veiculadas pela emissora NBC. Dois fins de semana sem balada são suficientes para devorar essa coisinha.

Bates Motel

Você achou que sabia muito, pensando que essa série existia apenas por causa do filme Psicose, mas não foi Alfred Hitchcock que deu “vida” ao personagem insano de Norman Bates. As duas obras foram inspiradas num livro escrito por Robert Bloch. A história, produzida pelo A&E, é uma boa atualização do clássico, com reviravoltas instigantes e surpreendestes. Tenho muito amigo que está triste, pois a quinta temporada lançada esse ano foi a última da saga.

House of Cards

Essa é uma das séries com maior vitrine na Netflix, pelo seu sucesso de público e crítica. É quase impossível conversar sobre política sem deixar de falar sobre essa produção protagonizada por Kevin Spacey (Frank Underwood) e Robin Wright (Claire Underwood). Mas o que poucos sabem é que a obra não é uma ideia original do canal de streaming, pois foi baseada numa série de livros do escritor Michael Dobbs: House of Cards, To Play the King e The Final Cut.

Percy Carpenter

Jornalista, carioca e flamenguista. Sempre quis ser um anti-herói, um guitarrista de uma banda punk, o camisa 10 do seu time de coração. Acredita em Deus, mas duvida de quem o escuta.

>