Fallen (Crítica)

Browse By

Bruxos, vampiros, lobisomens, todas essas ‘’criaturas’’ tiveram o seu momento nos cinemas e na literatura. Porém, algo que há alguns anos começou a ser explorado no mundo literário e ainda não haviam tentado a sorte no cinema, foram os anjos. Vários livros com essa temática foram lançados e alguns deles ficaram bem famosos no ramo, que é o caso de Fallen, cuja adaptação chega essa semana (08/12) nos cinemas brasileiros.

fallen-6

Não se espante caso não tenha escutado falar da adaptação, o filme já está pronto há alguns anos porém só agora viu a luz do dia e finalmente chegará aos cinemas; diga-se de passagem com um marketing bem esquisito e que chama a atenção pela aparente precariedade de sua produção. Não que o fato do baixo orçamento dite a qualidade de uma obra, mas o material lançado para a divulgação de Fallen foi bem espantoso e atiça a nossa curiosidade para descobrir se ele realmente é tão ruim quanto aparenta. Antes de falar para vocês o que achei do filme, para deixar claro o meu ponto, preste atenção no cartaz abaixo e reflita por alguns segundos.

onywpbk0

Ainda está ai? Bom, vamos lá. A trama conta a história de Lucinda Price, uma garota que sofre com algumas visões e por se achar louca, resolve entrar para a escola Sword & Cross, que funciona como uma espécie de reformatório. Ao chegar lá, a garota se sente estranhamente atraída por Daniel, um loirão bonitão que rejeita todas as suas investidas e após um estranho acidente, ela descobre que talvez suas vidas estejam entrelaçadas a muito tempo e que o seu crush tem segredos que mexem com uma antiga história que envolve o céu e também o inferno. UHHH!

fallen-2

A história nem é de todo ruim, acho legal essa coisa de anjos caídos, luta entre Deus e o Diabo e etc e tal. Fallen explora bem isso e até conta com um início promissor, juro que fui de coração aberto assisti-lo e até me espantei ao ver que a produção é bem decente dentro do seu orçamento, o filme tem uns efeitos bacaninhas e uma fotografia legal, super estilosinho e tudo estava caminhando bem. Pena que a maneira como ela se desenvolve é boba, com diálogos toscos e cenas que beiram a caretice, isso sem falar nos inúmeros furos no roteiro que não tem como defender.

fallen-5

O principal problema de Fallen nem é o fato dos velhos clichê de bem contra o mal e ‘’o amor vence tudo’’ estarem mais do que presentes, mas sim dessa direção que deixa tudo muito mais brega e tosco do que é. Sério, tudo que você pode pensar de mais batido que existe quando se trata de romance está ali, e por contar com a presença de anjos na trama, isso é elevado a um nível que chega a ser cômico em alguns momentos.

[spoiler] Em uma cena um dos anjos pretendentes da garota chega no reformatório fazendo cara de mal, super sedutor e pá… e ai ELE ROUBA UM PIRULITO e fica olhando para ela com o negócio na boca. Gente??? [spoiler]

Fallen

Como se isso já não bastasse, acrescente atores inexpressivos e personagens mal desenvolvidos que estão ali para absolutamente nada. O resultado é um filme extremamente fraco, que subestima o espectador e acima de qualquer coisa, não empolga e muito menos desperta emoção ou empatia. É ver para crer, Fallen é um ótimo exemplo de que quando a desgraça pode ficar pior, ela fica mesmo.

fallen-4

No final de tudo, fica a sensação de que Fallen poderia sim ter tido um resultado satisfatório caso a sua direção e roteiro fossem mais empenhados em entregar um material menos básico e mais ousado, afinal, essa é uma temática legal e que poderia render momentos interessantes caso tivessem um foco criativo. É nítido que o diretor estava com preguiça de criar algo e se apoiou em todos os outros filmes que tem premissa parecida e o pior de tudo, que não deveriam sequer servir como espelho. Vou orar pela alma de Lucinda, não sei como sua história termina na literatura, mas se seguir esta linha, não acho que seu final nos cinemas será dos melhores.

1 estrela

Victor Piacenti
Editor Chefe | | Também do autor.

Um cara fanático por Stephen King, que sente um prazer imenso ao ver uma cidade sendo destruída na tela do cinema. Além de ser sagitariano, não sabe andar de bicicleta, é viciado em coxinha e acredita (até demais!) em ETs.

>