FEUD: Bette and Joan – PRIMEIRAS IMPRESSÕES

 

Ryan Murphy é um tipo de cara que não brinca em serviço. Dono de uma criatividade imensa para criar produtos de sucesso para a televisão, ele não mede esforços ao lançar algo novo. Depois de Nip/Tuck, Glee, American Horror Story e a premiadíssima American Crime Story, ele resolveu ir mais longe e retratar em sua nova série antológica, FEUD, as rivalidades famosas na história da cultura pop.

Dramatizando a inimizade das atrizes Bette Davis e Joan Crawford durante as gravações de O Que Terá Acontecido a Baby Jane?, essa nova produção demonstra uma força enorme no seu roteiro e acima de qualquer coisa, em suas atuações. Coisa que não teria como passar despercebida, afinal, estamos falando de um time dos sonhos encabeçado por Susan Sarandon e Jessica Lange, na companhia de nomes como Catherine Zeta Jones, Stanley Tucci, Kathy Bates e Alfred Molina.

FEUD é uma série que você assiste e fica chocado com sua qualidade técnica; os diálogos, a fotografia, tudo é de uma precisão impecável e que além de encher os olhos, nos encanta, dá gosto de ver. A retratação dos tempos áureos do cinema, mostrando seus bastidores e processos de criação, com toda aquela magia e glamour de antigamente é um dos pontos altos da produção, nos envolvendo na rixa entre as duas de uma maneira mais profunda e mostrando que tudo vai muito mais além de uma história de inveja e cobiça, mas sim sobre algo que mexe demais com a cabeça do ser humano: poder. É muito interessante ver a maneira que a birra das duas foi crescendo e não vejo a hora de chegar no ponto de explosão, Susan Sarandon e Jessica Lange estão impecáveis e é um prazer gigante ver essas duas rainhas encarnando personalidades tão marcantes. Reparem em como Susan encarnou Bette Davis, é lindo de assistir seus trejeitos, sua entonação, a expressão… é tudo de uma perfeição tremenda.

O Que Terá Acontecido a Baby Jane? é um filme que gosto muito, principalmente por saber de todos os problemas durante sua gravação e é muito bom ver tudo isso retratado de uma maneira de certa forma divertida e com uma abordagem tão peculiar. Não tenho dúvidas de que FEUD melhorará a cada capítulo, Jessica e Susan demonstram um poder quase que magnético e vê-las em cena é uma coisa linda, sendo inevitável presumir que essa é uma série que provavelmente vai abocanhar diversos prêmios em um futuro não muito distante. Ryan Murphy mais uma vez arrasou e, pelo menos nesse primeiro vislumbre, só temos a agradecer. QUE VENHAM OS PRÓXIMOS EPISÓDIOS, o gostinho de quero mais  está uma delícia 😉

Victor Piacenti

Um cara fanático por Stephen King, que sente um prazer imenso ao ver uma cidade sendo destruída na tela do cinema. Além de ser sagitariano, não sabe andar de bicicleta, é viciado em coxinha e acredita (até demais!) em ETs.

>