Browse By

Perfeita É A Mãe! (Crítica)

Há filmes que são perfeitos para assistir naquele momento onde não há absolutamente nada para fazer. Sabe aquele sabadão à tarde em que você está zapeando nos canais, procurando por qualquer coisa para se distrair e ai se depara com narrador do Telecine Fun anunciando o que vai começar a seguir? Então, acredito que todo mundo já passou por essa situação pelo menos uma vez na vida e acabou tendo uma grata surpresa, seja por assistir um filme realmente bom ou apenas por dar aquela sensação de que o tempo passou de uma forma agradável. Perfeita É A Mãe! se encaixa perfeitamente (juro que o trocadilho não foi intencional) nesse tipo de drama do cotidiano popular mundial.

Perfeitaeamae (10)

A história gira em torno de Amy Mitchell, uma moça que foi mãe muito jovem e se desdobra entre o trabalho, cuidar dos dois filhos e do marido preguiçoso. Um belo dia ela conhece Carla e Kiki, que também estão cansadas da rotina e juntas decidem dar um basta (alô Marcia Goldsmith!) nesse lance de mãe complicada e perfeitinha, ligando o verdadeiro foda-se para tudo e resolvendo aproveitar suas vidas. Mesmo que para isso tenham que lidar com a fúria de Gwendolyn, uma verdadeira guardiã da moral e dos bons costumes, que não pretende deixar Amy e suas novas amigas em paz.

Desbocado e politicamente incorreto em vários momentos, Perfeita é a Mãe! é uma produção necessária para os dias de hoje. Mesmo não sendo um filme que vá levantar grandes questões morais ou fazer você enxergar uma nova filosofia de vida, essa comédia feminina acerta ao dosar o tom escrachado, com o lado materno e emocional que as mulheres tem, colocando em pauta liberdade, autoconhecimento e a maneira como as mães criam seus filhos. É legal ver uma comédia onde as protagonistas zoam a si próprias e também brincam com a realidade que muitas mulheres vivem, tudo isso de uma maneira natural e que provavelmente vai rolar bastante identificação com o seu público alvo. Afinal, não há nada de errado em mostrar a realidade de uma maneira leve, divertida e sem faltar com o respeito, não é mesmo?

perfeita é a mae

Com um elenco entrosado, Perfeita é a Mãe! é um filme simpático; pode não ser uma das melhores comédias já feitas ou até mesmo inesquecível, também não acho que valha o ingresso do cinema, mas é uma boa opção para convencer sua mãe e até mesmo suas tias, a trocar o Raul Gil e assistir em um sábado à tarde, elas vão se identificar bastante e com certeza farão comentários hilários enquanto assistem. Com um clima leve e descontraído, vale a pena para passar o tempo sim, é bem divertido e mais do que tudo… inofensivo 😉

3



Victor Piacenti
Editor Chefe | | Também do autor.

Um cara fanático por Stephen King, que sente um prazer imenso ao ver uma cidade sendo destruída na tela do cinema. Além de ser sagitariano, não sabe andar de bicicleta, é viciado em coxinha e acredita (até demais!) em ETs.

>