Vamos falar sobre BRUXAS?

Digamos que desde o nosso nascimento foi colocado em nossas jovens mentes que bruxas eram seres malvados, cheio de rugas e verrugas no rosto e que usavam vassouras para se transportar. Eis que lá em 1997 tudo começou a mudar. Por quê? Harry Potter nasceu e toda uma construção de um ser que deveria ser vilão se tornou um herói icônico para as pessoas daquela geração e das gerações a seguir que conheceram o personagem através dos filmes. Claro, estou ciente de que no mundo mágico de J.K Rowling existem as tais bruxas malvadas, mas elas chegam a superar as adoradoras de magia negra que viviam com suas barrigas encostadas num caldeirão quente de poções? Esta não é uma alfinetada a Harry Potter, mas que tal conhecer outras bruxas icônicas de filmes e séries?

hp1

A mais recente aparição destas personagens foi em Esquadrão Suicida onde conhecemos a vilã Magia (interpretada por Cara Delevingne) e em A Bruxa, um elogiado filme independente que pode não ter agradado aos fãs de terror comercial, mas com certeza mostra a essência do que motiva os seres se tornarem adoradores de magia. Na base de tudo, elas são basicamente movidas pelo mesmo propósito: vingança. Mas qual seria a origem destes tais poderes?

1

Por muitas vezes assistimos as bruxas sendo marionetes de espíritos malignos e que de alguma forma tentam retornar ao nosso mundo para algum propósito (ou apenas viver no mundo contemporâneo). Pudemos assistir um exemplo não propriamente dito “bruxa” mas com motivos que se encaixariam perfeitamente aqui: A Chave Mestra, onde uma família que vivia numa antiga casa de escravos e que usavam os poderes através de rituais para continuarem imortais no corpo de outras pessoas. Temos também a “lenda” de A Bruxa de Blair que atacou um grupo perdido na floresta e que invadiu seu território sagrado, o que já é motivo o suficiente para gerar pesadelos em quem tem fobia de lugares fechados ou florestas mesmo.

2

A Bruxa Má do Oeste de Mágico de Oz é talvez uma das bruxas mais lembradas dos contos de aventura, que além de sair do livro de L. Frank Baum, a bruxa ganhou um musical chamado Wicked e também deu as caras na série de TV Once Upon a Time (que para mim é uma das melhores temporadas). Não poderia deixar de falar sobre Arraste-me para o Inferno, mas vamos combinar: COMO ESQUECER DAQUELA BRUXA? Por mais que o filme tenha todo aquele exagero visual e gráfico é o suficiente para deixar qualquer um de cabelo em pé com tudo que acontece com a infeliz que não ajudou a velhinha.

drag

Jovens Bruxas, um clássico dos anos 90 juntamente com Elvira: A Rainha das Trevas são belos exemplos de para filmes, séries e até clipes musicais no mundo. Sem falar nas constantes vezes que podemos encontrar alguém vestido de Elvira numa feira de cultura pop ou até mesmo no Halloween. Mas são bruxas que você ama odiar ou as vezes nem odeia pois toda a maldade delas é perdoada por fazerem parte de filmes incríveis.

Em séries, assistimos as bruxas sendo deixadas em segundo plano como em The Vampire Diaries e True Blood mas sempre que elas aparecem tornam suas cenas mais incríveis (senão temporadas). Uma série que ficou famosa por exibir bruxas épicas e que ganhou uma temporada dedicada a toda essa magia foi America Horror Story: Coven. Uma das minhas temporadas favoritas e que exibiu detalhes tanto das bruxas mais “convencionais” como aquelas que possuem raízes fortíssimas com a dedicação das bruxas utilizando elementos naturais para seus feitiços.

ahs

Mas existe uma série que já se encontra em sua terceira temporada chamada Salem. Não posso comentar sobre esta, pois não tive a oportunidade de assistir, mas constantemente vejo elogios a série que se assemelha ao filme A Bruxa, por seu conteúdo ser tão fiel à aquela idéia de bruxas do mal. A única série que veio com a proposta de se tornar comercial para o público mais jovem foi  a falecida The Secret Circle que foi cancelada em sua primeira temporada 🙁

4

Existe uma série de outros grandes filmes com este tema como Da Magia à Sedução, As Bruxas de Salém, As Bruxas de Eastwick e até Sabrina – A Aprendiz de Feiticeira que não podem deixar de ser citados, mas de qualquer forma são diversas faces e moldes que podem se passar anos e anos, mas sempre é possível encaixar as bruxas que se adequam a realidade atual e continuar sendo um ícone poderoso nos filmes e séries.

Natalia Seibert

Sou a diferentona viciada em séries de TV, filmes e fã de Ashley Tisdale. 100% ariana, não manjo nada de signos e já usei muito a desculpa de não querer sair de casa por que estava bem confortável com pijama e pantufa em casa. Não assisto filmes de terror a noite e muito menos sozinha!

>